Como funciona um sistema de alarme?

Como funciona um sistema de alarme?

Você sabe como funciona um sistema de alarme? Muitas vezes, é comum que aplicadores façam um ótimo trabalho de instalação, mas não saibam exatamente como esses dispositivos de segurança funcionam. Além disso, vale ressaltar que atualmente existem diversos tipos de alarme automotivo no mercado, com diferentes modos de atuação.

Para tirar todas as suas dúvidas sobre esse assunto, a KOSTAL preparou este texto especial para você. Continue lendo e confira!

Por que é importante saber como funciona um sistema de alarme?

Antes de explicarmos sobre como funciona um sistema de alarme, vamos entender qual é a importância de saber essa informação?

Pense bem: quando seus clientes chegam até você para instalar um alarme automotivo, eles estão procurando uma autoridade no assunto. Ou seja, alguém que tenha amplo conhecimento sobre os produtos e serviços que oferece. 

Se você não tiver todas as informações sobre o alarme na ponta da língua, é possível que você perca a credibilidade. E quando você perde a credibilidade, você abre espaço para a concorrência. Por isso, nos dias de hoje, além de fazer um bom serviço de instalação, é essencial que você saiba explicar à sua clientela sobre os diferentes tipos de alarme e o modo de funcionamento de cada um.

O perfil do consumidor brasileiro está mudando. A cada dia que passa a internet se torna a primeira fonte de consulta, onde em pouco tempo é possível fazer comparativos técnicos e de preços, saber mais sobre as opções de produtos e serviços existentes, fazer recomendações de boas experiências ou então criticar um atendimento ou mercadoria comprada que deixou a desejar. Por isso, saia na frente da concorrência e supere a expectativa do seu cliente. Venda conhecimento!

Então, vamos lá? 

Os diferentes tipos de alarme automotivo

Como já dissemos anteriormente, hoje em dia existem diversos tipos de alarme automotivo. Neste texto, nós iremos focar nos dois principais modelos do mercado: o alarme perimétrico e o alarme volumétrico.

Alarmes perimétricos: a proteção original dos veículos 0 km

Quando um veículo já sai da montadora com um alarme instalado, é muito provável que ele seja do tipo perimétrico. Esse é o modelo mais básico de alarmes automotivos e serve para detectar a tentativa ou abertura indevida de portas, porta-malas ou capô.

De um modo geral, o seu funcionamento segue um esquema bastante simples. Os sensores são instalados nas portas dianteiras e traseiras e, em alguns casos, também no capô e porta-malas. Em uma situação normal, os sensores apenas identificam o travamento das portas e se comportam naturalmente. No entanto, se houver arrombamento, os sensores detectam a ação atípica e disparam o aviso sonoro e luminoso do alarme.

Alguns modelos ainda contam com outras funções de conforto acopladas. Por exemplo: trava e destrava das portas e subida e descida dos vidros. 

Alarmes volumétricos: segurança extra para seus clientes

Os alarmes volumétricos são o melhor complemento de segurança para os proprietários de veículos que têm apenas o alarme perimétrico original. Eles são uma proteção extra para seus clientes! Isso porque além de auxiliar a inibir o arrombamento de portas devido à presença de um LED piscando no para-brisa, eles também atuam contra a quebra de vidros.

Esses modelos contam com um módulo eletrônico e dois sensores de ultrassom. Esses sensores emitem ondas sonoras dentro do carro para monitorar qualquer movimento interno. 

Quando o veículo está fechado e trancado, o sensor capta um perfil de onda sônica padrão, que já é conhecido pelo módulo eletrônico. No entanto, quando as janelas são quebradas, o perfil sonoro de dentro do veículo é alterado. Assim, os sensores detectam essa alteração e disparam o alarme sonoro e luminoso. 

Aqui, vale lembrar uma coisa importante: o alarme volumétrico só irá soar quando algo realmente errado estiver acontecendo. Ou seja, não são quaisquer balanços na carroceria, pequenas batidas na lataria ou ruídos provenientes de chuva e trovões que ameaçam seu funcionamento. Isso porque esse sistema possui padrões e parâmetros de seletividade e sensibilidade, o que indica que o conjunto sensores de ultrassom + módulo eletrônico é capaz de interpretar e tolerar o máximo possível de intervenções, mantendo-se imune a falsos disparos. Isso é o que poderá fazer a diferença e te ajudar a ter relacionamentos de longo prazo com seus clientes.

Alarme automotivo é KOSTAL

Agora que você já sabe como funciona um sistema de alarme, é hora de escolher os melhores modelos do mercado. Com mais de 100 anos de experiência, a KOSTAL é líder na produção de peças elétricas para as principais montadoras no Brasil.

Na hora de indicar o melhor alarme de carros para seus clientes, não troque o certo pelo duvidoso. Escolha KOSTAL! Confira nosso catálogo e encontre o distribuidor mais próximo. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*