Dia Nacional do Fusca: uma paixão que não acaba

Fabricado no Brasil em 1959 e líder de vendas por 24 anos, o Fusca virou a grande paixão de muita gente.

Pequeno, mas com um design inovador para a época, ele conquistou o coração dos brasileiros e faz sucesso até hoje. Mesmo entre tantos carros modernos, permanece um clássico e um item de colecionador.

Por isso, para comemorar o Dia Nacional desse modelo tão querido, preparamos um conteúdo especial para você saber tudo sobre ele. Confira!

O Fusca no Brasil

Retomando, este veículo chegou ao país nos anos 1950, montado pela Volkswagen. Há algumas curiosidades em tanto sucesso e elas contribuem tanto para a história nacional quanto da indústria automotiva.

Por exemplo, sabia que ele é o carro mais colecionado do Brasil? Só no estado de São Paulo, são mais de 5 mil unidades registradas com placa preta, a original.

Além disso, até os anos 1970 tinham sido produzidos 1,5 milhões de exemplares. Ao todo, foram mais de 3,3 milhões, atestando a paixão e o carinho dos brasileiros pelo modelo.

Algumas curiosidades que talvez você não conheça

Que o Fusca se tornou uma febre mundial, você já sabe. Então, trouxemos mais algumas informações sobre ele que podem ser novidade até para quem tem um em sua história.

Chegada

Quando chegou ao Brasil, ele era chamado de “Volkswagen Sedan”. Inclusive, tinha um design diferente para a época.

Mudanças

Literalmente, o Fusca passou por mais de mil mudanças estéticas e mecânicas entre as décadas. Uma delas, que se destacou nos anos 1950 e 1960, foi o vidro traseiro dividido em 2 partes. 

Marco no Brasil

Na inauguração de Brasília, ele era o principal veículo usado como táxi e tinha o apelido de “táxi mirim”. Uma vez a sensação do momento, mais de 300 exemplares rodaram pelas ruas da capital como transporte de passageiros.

Mundo automotivo

O Fusca marcou tanto a história do mundo automobilístico que ganhou um dia especial no calendário mundial.

O Dia Internacional é 22 de junho e o Dia Nacional, hoje, 20 de janeiro.

Nessas datas, os apaixonados e colecionadores se reúnem para comemorar, expor os seus, descobrir outros tipos e conhecer mais amantes deste carro.

Fim da fabricação

Em 1986, ele parou de ser fabricado e apenas 34 mil unidades chegaram às ruas desde então.

No entanto, o presidente Itamar Franco pediu que o modelo voltasse a ser produção em uma versão exclusiva, movida a etanol. Ela também teve sua montagem interrompida nos anos 1990 e teve outro apelido, de “Fusca Itamar”.

Paixão por onde passa

Quem é apaixonado ou tem aquele amigo que é pode homenagear seu Fusca exclusivamente com a KOSTAL.

Para aparecer com o seu modelo nas nossas redes sociais, encaminhe uma foto com sua história preferida sobre ele. Como se apaixonou? Como se conheceram?

Paixão nacional. E se tem paixão, tem KOSTAL!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*