Garagem KOSTAL: conheça carros antigos que têm história (2)

O blog de hoje é a segunda e última parte da série especial Garagem KOSTAL. Trouxemos para você alguns carros antigos que marcaram época e carregam um pouquinho da nossa história.

Relembre 2 grandes clássicos brasileiros que ainda têm uma legião de fãs espalhados pelo país: a carismática Kombi e a potente Mercedes L-1620.

É apaixonado por carros antigos? Então, continue lendo e aproveite!

+ Leia mais:

Garagem KOSTAL (Parte 1) (precisa linkar quando esse blog já estiver no ar)

Vida de Reparador Automotivo: tudo o que você precisa saber

Kombi: a Velha Senhora que fez história entre os carros antigos

Até hoje com milhares de fãs pelo mundo, a Kombi é um dos carros antigos tão especiais que fizeram uma data só pra ela. O dia 2 de setembro foi reservado para celebrar a Velha Senhora montada no Brasil pela Volkswagen.

Projetada para ter diversas funções e fabricada de 1950 a 2013, foi baseada no modelo do Fusca. Seu nome original em alemão é Kombinationsfahrzeug, que em português significa “veículo multiuso” ou “veículo combinado”. Logo, o apelido “Kombi” foi dado pelos brasileiros para facilitar a pronúncia.

Após vários testes, a Kombi saiu para as ruas em 8 de março de 1950 na Alemanha. Só passou a ser montada no Brasil, porém, 3 anos depois. Em 1957, o primeiro modelo brasileiro foi lançado e já causou um enorme sucesso entre os apaixonados por carros.

A evolução da Kombi

Com o passar dos anos, a Kombi foi evoluindo e ganhando novas características. Então, conheça algumas das principais mudanças deste clássico que é um dos carros antigos mais queridos pelos brasileiros:

  • Em 1961 veio a primeira modificação do modelo original: a versão de 6 portas e a transmissão com todas as marchas sincronizadas;
  • No ano de 1967, para a alegria de muitos, a Kombi ganha um novo motor de 1500cc e um sistema elétrico de 12V. Além disso, chega ao Brasil a versão picape de cabine simples, que já era um sucesso em outros países;
  • Em 1976, veio a mudança que faz a Kombi brasileira ser diferente de todas as outras do mundo: a frente passou a ter um para-brisa único e um novo motor de 1600cc com carburação simples foi incorporado;
  • Em 1983, a Kombi recebe freios a disco nas rodas dianteiras, cintos de segurança de 3 pontos e encosto de cabeça;
  • Aliás, quem não se lembra das famosas portas corrediças da Kombi brasileira? Essa evolução chegou apenas no ano de 1997, além de um novo teto de 11 cm;
  • Em 2007, a VW lança uma edição especial do veículo: a Kombi 50 anos, com apenas 50 unidades produzidas, uma das versões mais raras já lançadas;
  • Em 2013, último ano da produção do veículo, a VW lança a The Last Edition. O modelo contava com uma pintura retrô e pneus com borda branca e teve apenas 1200 unidades fabricadas.

Para esse grande clássico, a KOSTAL produziu chaves de seta, chave de limpador e comutador de ignição. Clique aqui e confira!

Mercedes L-1620: o gigante campeão de vendas

Poucos carros antigos da Linha Pesada fizeram tanta história quanto o Mercedes L-1620. Isso porque, enquanto sucessor direto do modelo L-1113, esse supercaminhão surpreendeu tanto pela capacidade de carga quanto pelo sucesso de vendas. No Brasil, o L-1620 foi o campeão de vendas por 6 anos e até hoje é um dos mais procurados nos principais sites de busca.

Fabricado de 1996 a 2011, foram mais de 100 mil unidades produzidas. Este é o caminhão ideal para cumprir rotas rodoviárias de médias e curtas distâncias com as mais diversas carrocerias sobre chassi. Ou seja, é extremamente versátil, não é mesmo?

A transformação do Mercedes L-1620

Apesar de o Mercedes L-1620 não ter passado por grandes transformações ao longo de sua história, algumas delas precisam mencionadas. Olha só:

  • O veículo nasceu 4×2 e com um motor de 204cv. No entanto, alguns anos depois, o L-1620 passou a sair às ruas com o terceiro eixo instalado, subindo seu peso bruto total de 16.000 kg para 23.000 kg. Além disso, o novo motor incorporado era de 211cv a 2.600 rpm e torque de 67 kgfm a 1.400 rpm.
  • Antes de ter sua produção interrompida, o Mercedes L-1620 ganhou sua última versão: um motor de gerenciamento eletrônico de 231cv a 2.200 rpm e torque de 83 kgfm de 1.200 a 1.600 rpm.

Para esse gigante, a KOSTAL produziu a famosa chave de seta 24V, que você pode conferir clicando aqui. 

KOSTAL: qualidade que atravessa gerações

Em 1912, a KOSTAL surgia na Alemanha com o objetivo de mudar a história do mercado automobilístico no mundo. Assim, investindo fortemente em inovação, segurança e tecnologia, nos tornamos um dos nomes mais reconhecidos e respeitados do setor.

De lá para cá muita coisa mudou, mas a qualidade continua a mesma até hoje. Conheça nosso catálogo e entenda por que ser KOSTAL faz toda a diferença!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*