Item original de fábrica: como funciona o desenvolvimento dessas peças?

Você já parou para pensar que, na verdade, uma montadora não produz o veículo em si? Isso porque, como o próprio nome diz, ela é responsável por montar o carro a partir de peças e acessórios desenvolvidos pelos fornecedores oficiais. E como todos sabem, a KOSTAL é líder na produção de peças elétricas para as principais montadoras instaladas no Brasil. Por isso, hoje vamos explicar como é o processo de desenvolvimento de um item original de fábrica.

Então, se você trabalha no segmento automotivo ou simplesmente é apaixonado por carros, continue lendo este artigo e tire todas as suas dúvidas sobre peças e acessórios originais. 

Item original de fábrica: entenda o passo a passo da produção

1) Demanda

O processo de desenvolvimento de um item original de fábrica começa muito antes de nós da KOSTAL colocarmos a mão na massa. Geralmente, o primeiro passo é dado pela própria montadora, que decide desenvolver e lançar um novo veículo no mercado. A partir daí, ela entra em contato com seu grupo de fornecedores e manifesta todas as suas necessidades.

Para facilitar o trabalho do fornecedor e garantir um resultado mais assertivo, a montadora envia documentos com todas as especificações do item a ser desenvolvido. Às vezes, também pode enviar um esboço inicial do design do novo produto.

A KOSTAL é líder na produção de peças elétricas originais para as principais montadoras instaladas no Brasil.

2) Análise

Depois que a montadora envia a demanda, é hora de analisar as especificações técnicas do produto. É essencial que essa etapa seja cumprida com muito cuidado e atenção para evitar qualquer erro nos processos futuros.

Nesta fase, a KOSTAL utiliza seus mais de 100 anos de história para adicionar ao item original de fábrica tudo o que há de melhor e mais adequado para as necessidades do cliente. Após uma análise minuciosa e com tecnologia de última geração, definimos como a peça será desenvolvida, sempre pensando em oferecer uma experiência única ao consumidor final.

3) Esboço

Depois da etapa de análise e planejamento, o novo produto começa a tomar forma. A partir das especificações técnicas, desenhamos um esboço de como será a peça e enviamos à montadora.

Neste momento, é muito importante que sejam realizadas reuniões de alinhamento para definirmos os ajustes finais junto à montadora. Depois de o design do produto ser aprovado, passamos para a próxima fase: o desenvolvimento da peça em si.

4) Desenvolvimento

Na última etapa, é hora de colocar em prática todo o planejamento feito nos passos anteriores. Aqui, o produto finalmente sai do papel e volta para que a montadora realize os seus testes de qualidade e aprovação.

Depois de aprovada, a peça está pronta para venda!

+ Leia mais:

Como funciona um sistema de alarme? 

Garantia de peças automotivas: entenda como funciona

#CuriosidadeKOSTAL

Como falamos anteriormente, a KOSTAL é uma das mais tradicionais fornecedoras de peças elétricas para as principais montadoras do país.

Você sabia, porém, que nossa primeira chave de seta foi produzida na década de 1960? A peça se aplicava aos caminhões Fiat 70/80/120/130/140 e a sua única função era, de fato, a seta. Diferentemente dos conjuntos de hoje, que têm diversas funções integradas. Olha só que diferença!

pastedGraphic.png

KOSTAL: 100 anos de inovação e qualidade

Presente em 21 países espalhados pelos 4 continentes, a KOSTAL traz em sua essência a originalidade.

Além disso, compartilhamos com cada consumidor a missão da entrega constante de qualidade e confiança em todas as nossas relações. Clique aqui e conheça um pouco mais de nossa história! 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*